Today: 24/07/2021
Criação de sites
Isabella Santos Posted on 10:13

Como criar e hospedar um site grátis?

A criação de um site é um processo que gera bastante curiosidade nas pessoas, que muitas das vezes acreditam ser um processo longo e burocrático. Porém, como veremos, existem maneiras simples e rápidas de se criar um site e começar a postar conteúdos do seu interesse. 

Aliás, uma das maiores motivações ao se criar um site é justamente divulgar coisas que a pessoa gosta, como viagens, receitas, histórias, desenhos, negócios, etc.

E por falar em negócios, criar um site também pode ser uma ótima opção de renda extra, pois existem diversos meios de ganhar dinheiro na internet, seja divulgando seu próprio negócio, seja monetizando o site através de anúncios. 

Existem diversas ferramentas que poderão ajudá-lo na hora de criar seu site, algumas delas bastante simples e que ajudarão a criar seu site de forma rápida e descomplicada. Se você deseja aprender a criar seu próprio site mas não sabe como, continue a leitura desse artigo e descubra um pouco mais a respeito de como fazê-lo.

O que é hospedagem de site?

Aqueles que desejam criar seu site ou blog geralmente ficam em dúvida a respeito de alguns termos utilizados nessa área. Um dos termos que geram dúvidas nas pessoas é geralmente a respeito da hospedagem do site. 

Antes de tudo, devemos ter em mente que todos esses dados que possuímos, como fotos, vídeos, músicas, etc. Ocupam espaço em algum compartimento, geralmente do seu computador ou notebook. 

Quanto mais músicas, fotos, vídeos, etc. Temos em nosso computador, menor será o armazenamento que ele terá disponível e consequentemente menor será a capacidade de salvar outros arquivos no computador. 

Portanto, tudo que você consegue acessar no computador ocupa espaço do HD ou memória de seu notebook e computador.

No entanto, você já parou pra pensar a respeito de onde ficam armazenados os arquivos que enviamos pela internet ou que acessamos em sites e blogs? Pois é, assim como em nossos computadores ou celulares, esses arquivos precisam ficar armazenados em algum lugar, no caso os servidores de empresas especializadas em hospedagem. 

Essa é a função dessas empresas: disponibilizar espaço físico para que possamos salvar nossos arquivos na “Nuvem”. Esses arquivos teoricamente estão salvos online, no entanto a raiz do arquivo é salva em HDs físicos das prestadoras de serviços de hospedagem. 

De uma maneira bem simples e informal, quando contratamos serviços de hospedagens para o site, é como se estivesse contratando um espaço para guardar nossos arquivos em um HD de outra pessoa. É assim que funciona a hospedagem de sites.

Como hospedar gratuitamente?

Geralmente não é possível realizar a hospedagem de sites gratuitamente pelo menos com qualidade. Há serviços como o da Umbler que oferece testes gratuitos para que o cliente experimente seu serviço de hospedagem e veja se vale a pena contratá-lo. 

No entanto, como mencionamos, trata-se apenas de um teste por determinado período de tempo, onde decorrido o prazo, será necessário pagar para continuar utilizando esse serviço. Existem diversas opções de serviços de hospedagens nos mais diversos preços, portanto é possível encontrar alguma que caiba em seu bolso. 

A grande maioria dos serviços de hospedagem gratuitos são falhos e acabam por prejudicar os donos de sites, uma vez que são cheios de restrições e passam por diversas estabilidades.

Como criar um site?

Há algum tempo atrás, o processo de criação de sites era extremamente complexo e muitas vezes impossível para as pessoas em geral, somente sendo tangível para aqueles que possuíam conhecimentos na área de Tecnologia da Informação e semelhantes. 

No entanto, atualmente, o processo de criação de sites é muito mais simples e poderá até mesmo ser feito por profissionais da área. Portanto, caso deseje, é possível contratar uma pessoa para fazer esse trabalho por você. 

No entanto, se você deseja criar seu site por si mesmo do zero, a seguir iremos demonstrar alguns passos necessários para realizar esse feito:

A escolha do domínio

Antes de adentrarmos no tutorial em si, é necessário entender um pouco mais a respeito do que é um domínio. O domínio é semelhante a identidade de um site, tornando-se o meio pelo qual o público consegue adentrar ao seu site. 

Portanto, é necessário sempre escolher um domínio que seja semelhante ao conteúdo que você pretende produzir dentro do site, ou pelo menos que faça algum tipo de referência a ele. 

É através dele que as pessoas irão encontrar o site, através do tradicional WWW. Superado esse ponto, o primeiro passo é escolher um domínio que de alguma forma se relacione com o site. 

Vale lembrar também que após escolhido, é necessário verificar a disponibilidade, uma vez que outra pessoa possa já estar utilizando esse domínio. Portanto, ele deve possuir algum diferencial como uma letra ou número. 

É impossível 2 sites possuírem o mesmo domínio. Adiante, caso não esteja registrado o domínio, basta registrá-lo para si e comprar o domínio. Sim, eles são vendidos igualmente a outros produtos. Há algumas opções de domínio para serem registrados, sendo os mais comuns .com e .br no Brasil. 

Outros como. gov, .edu, .org são destinados a entidades governamentais e organizações sem fins lucrativos, portanto, não é possível registrar dessa forma, a menos que seu site seja de alguma dessas instituições.

Escolher o nome do site

O site é outro fator de grande importância na hora de criar um site. É por meio dele que as pessoas irão buscá-lo nos mecanismos de pesquisa e também é através dele que as pessoas irão conhecê-lo. 

O nome do site se torna semelhante a uma marca, é algo que as quem ouvir irá lembrar de você portanto, algumas dicas na hora de escolher o nome é buscar um nome curto e que já demonstra a finalidade do seu site, além de ser um nome que as pessoas irão lembrar com mais facilidade na hora das pesquisas, que seja fácil de digitar, deixando de lado caracteres utilizados para enfeitar o nome como Y, duas letras seguidas, sem caracteres especiais, etc.

Por fim escolha um nome original, que dê vida a sua identidade própria, deixando de lado nomes que possuam semelhança com outros sites famosos da Web. Ao invés de atrair público para seu site, quando você escolhe um nome semelhante ao de sites famosos, isso acaba por baixar sua popularidade, fazendo com que o site não ganhe ranqueamento como consequência se torne mais difícil de encontrar nos mecanismos de busca.

Escolher um serviço de hospedagem

Anteriormente já falamos um pouco a respeito do que significa o conceito de hospedagem. Portanto, é necessário para o bom funcionamento de um site que a pessoa escolha um ótimo serviço de hospedagem, que seja estável e disponha de uma central de atendimentos caso necessite dos serviços em caráter emergencial.

 Em casos onde os sites saem fora do ar e acabam por pausar a contagem de visitas, o que irá impactar bastante os rendimentos de pessoas que trabalham com monetização de anúncios. 

Dessa forma, vale a pena buscar um serviço de hospedagem que trabalhe com centrais de atendimento, uma vez que não estamos isentos de passar por esse tipo de caso fortuito. 

Há opções de serviços de hospedagem gratuita para quem não dispõe de capital inicial para dar início a um grande projeto, no entanto, devemos ter em mente que esses serviços gratuitos são bastante inferiores se comparados aos que estão à venda no mercado. 

Possuem muita instabilidade e passam horas fora do ar, portanto, vale mais a pena contratar serviços como o HostGator, que cobra valores a partir de R$9 ao mês. Essa é uma das indicações para quem deseja começar no mundo dos sites mas que não dispõe de muitos recursos.

Instalação do WordPress

A criação do site em si para deixá-lo da maneira que quiser e personalizá-lo de acordo com seu nicho, é necessário a utilização de criadores de site que farão o trabalho de inserção de imagens, temas, textos, banners, logotipos, etc. 

Uma das melhores e mais populares ferramentas que atendem esse fim é o WordPress. Trata-se de um construtor de sites de graça, que pode ser instalado no seu computador e irá ajudar a montar seu site como desejar, de uma maneira bastante simples e rápida. 

Eles geralmente já possuem temas prontos, o que facilita na hora da criação do site, além de diversas funcionalidades um pouco mais complexas mas que podem ser aprendidas com o decorrer do tempo de utilização. 

Atualmente é o construtor de sites mais utilizado em todo o mundo, graças a gratuidade do sistema, a simplicidade das ferramentas no geral e a sua instalação simplificada. O sistema de utilização é bastante intuitivo e em pouco tempo de uso já será possível sua total adaptação.

Instalação de um tema 

O tema é outro ponto de grande relevância quando estamos tratando de sites e blogs. Quando a pessoa entra em qualquer site, a primeira coisa que ela verá será o tema e a organização do site. 

Caso esse tema não tenha a ver com o conteúdo do site ou esteja desorganizado, isso irá passar uma má impressão a pessoa que muitas das vezes não irá retornar novamente para o site. 

Como mencionamos anteriormente, o WordPress possui alguns temas pré-instalados que irão facilitar a vida daqueles que estão dando seus primeiros passos na criação de sites, portanto, essa parte será bem mais simples, onde bastará apenas que a pessoa escolha qual deles se adequa mais ao seu nicho, onde ainda sim será possível personalizar algumas coisas dentro do tema, como as cores, os logotipos e os banners. 

Portanto, é bastante simples resolver essas questões utilizando o sistema do WordPress.

Criação de conteúdos

O próximo passo para o seu site é a criação de conteúdos que o público terá acesso. Esse passo pode ser um dos mais complicados a se dar, uma vez que o Google faz algumas exigências com relação ao tipo de conteúdo que pode ser publicado. 

Porém, caso já tenha um blog com conteúdo publicado, basta trazer esse conteúdo para seu site WordPress. Outras opções disponíveis são as compras de artigos pela internet. Existem diversas opções de venda em vários locais, onde é possível até mesmo a contratação de pessoas para criação desses artigos para seu site, os redatores. 

No entanto, essa opção irá demandar um pouco mais de investimento do dono do site, dessa forma, se dinheiro é algo que não pode ser cogitado no momento, sugerimos a criação própria do conteúdo a ser postado no site.

Instalação de plugins para melhorar o site

Atualmente existem milhares de opções de plugins para serem instalados no site que irão ajudá-lo a melhorar seu site e conquistar mais acessos, são eles plugins de compartilhamento direto em redes sociais, plugins de segurança para proteção do dono do site e de quem o acessa, plugins anti-spam, plugins para redução do tempo de carregamento do site como o AMP e outras centenas de opções que o ajudarão de acordo com sua necessidade. 

Primordialmente vale a pena buscar por plugins que atraiam o público para seu site, além de outros plugins que fidelizem essas pessoas, como aqueles que enviam notificações sempre que algum conteúdo novo é publicado no site. Portanto, vale a pena investir na instalação desses plugins para aumentar o seu público consideravelmente.

Promover o site

Após a criação do seu site e configurá-lo de acordo com sua vontade e nicho, o próximo passo é promovê-lo para que as pessoas venham até ele. Para isso, existem alguns meios que podem trazer pessoas para conhecer o seu site, como divulgar em redes sociais como o Instagram, Facebook, Pinterest, Twitter, WhatsApp, etc. Há milhares de opções disponíveis e que irão trazer o público para o seu site. 

Outros meios de divulgação são em comentários de sites que possuam nicho semelhante ao seu e fóruns de discussão de temas tratados por você em seu site. Divulgá-lo nesses canais é bastante eficaz e vai fazer com que muita gente venha conhecer o site.

Atraia público

Não existe outro segredo para fazer pessoas buscarem seu site e trazer tráfego orgânico além de produzir conteúdo de qualidade. 

Essa é a melhor forma de trazer pessoas para conhecer o site, portanto, é interessante elaborar pautas, criar publicações programadas e definir o público específico das publicações. 

Dessa forma, será muito mais fácil que as próprias pessoas que acessam o seu site divulguem para outras pessoas criando uma rede de compartilhamento de tráfego orgânico, assim, invista nesses pontos para ter sucesso na hora de trazer pessoas para o site, com isso a tendência é crescer e crescer até chegar um ponto que não será necessário fazer qualquer tipo de publicidade para trazer novas pessoas ao site.

Como criar um site de graça?

Como já mencionamos anteriormente, o processo de criação de um site pode ser feito totalmente de graça apenas com a utilização de construtores de site. O mais conhecido e utilizado deles é o WordPress.

Qual o custo para criar um site?

Não há nenhum custo envolvido na criação de sites. No entanto, para mantê-los no ar existem alguns valores que precisam ser pagos, como por exemplo o de hospedagem de seu conteúdo.

Como criar um site no Google Site?

O processo de criação de sites através do Google Sites é bastante semelhante ao de outros construtores de sites, sendo feito de maneira simples e em apenas alguns passos, são eles:

Acessar a página do Google Sites

O endereço está disponível em https://sites.google.com/. É necessário fazer login na sua conta do Google para acessar.

Escolha um modelo para o site

Existem alguns modelos pré-produzidos para serem inseridos no site, bastando apenas escolher algum entre as opções.

Escolha do tema

O Sites Google também oferece alguns temas na hora de personalizar seu site, onde é possível escolher o que mais se encaixa com o seu nicho.

Escolha o nome do site e do cabeçalho

O próximo passo é escolher um nome para o seu site e editar o cabeçalho da página principal, que será a primeira visão de quem está entrando em seu site.

Criação de menus e páginas

Esse passo tem bastante importância pois é através deles que serão definidos os menus do site e as páginas que você irá inserir.

Adicione conteúdo

Esse passo é bastante simples onde bastará que você adicione conteúdos que já estejam prontos no site, além de informações a respeito do site, páginas e do seu nicho.

Publique o site

Por fim, superados todos os passos anteriores, basta publicar o site e começar a divulgá-lo nos mais diversos locais para trazer público para ele.