quarta-feira, maio 29, 2024
PetsSaúde e Bem Estar

Quer adotar um cachorro? Saiba se você está pronto (a) para isso

Companheiros para todas as horas, os animais de estimação ajudam seus tutores a ter menos estresse e um lar muito mais alegre. Porém, resolver ter um pet é muito mais do que dar comida ao bichinho, mas um conjunto de responsabilidades para promover a saúde e o bem-estar do pet. 

Com a pandemia do Corona vírus e o isolamento social, várias ONGs relataram que a procura por cães e gatos para adoção aumentou em 50%. Boas notícias, não? Não é bem assim: segundo o Ampara Animal, entre junho de 2020 e março de 2021, o abandono de animais cresceu 61%. 

Ou seja, muitas pessoas que adotaram seu primeiro animal de estimação, provavelmente, fizeram-no no calor do momento, sem considerar todas as necessidades do novo integrante da família. Assim, é preciso reforçar que, ainda que a adoção seja a opção mais viável e melhor, requer uma série de cuidados com o novo amigo da casa.

Se você já decidiu que sua família precisa de um novo integrante, confira alguns pontos para levar em consideração antes de trazer um cãozinho para dentro de casa. 

Tempo e espaço

Antes de pegar um cachorro, pense no espaço da sua casa. É adequado, ou seja, há lugar suficiente para que ele possa comer, divertir-se, fazer suas necessidades e interagir? 

Mais importante do que isso, você tem tempo para se dedicar ao seu futuro pet? Por exemplo, alguns cães exigem caminhadas diárias, mas nem todos têm disposição para andar todos os dias, independente do clima e tempo. 

E se você viaja muito, como preparará seu cão para a separação? Você tem como levá-lo para os lugares que frequenta? 

Despesas

Antes de adotar, pense também no lado financeiro, afinal, cães precisam de ração, brinquedos e cuidados veterinários, não só uma vez, mas ao longo da vida. 

Assim, além de ser responsável pela saúde e desenvolvimento do seu amigo de quatro patas, você, como tutor, também terá responsabilidades financeiras, por isso, pesquise mais sobre todos os suprimentos que um cão precisa. 

Como e quando trazê-lo para casa? 

Se você planeja adotar um cão perto das férias, essa pode não ser uma boa ideia. Isso porque acostumando-se com você sempre em casa, no momento em que voltar para a rotina e você não estiver o tempo todo com seu cão, ele pode desenvolver ansiedade de separação. 

Assim, é importante pensar em que momento você trará seu cão e como fará com que ele se adapte ao seu lar.

De onde vem seu cachorro?

Escolha a forma de adoção, pensando se para você faz mais sentido ficar com os filhotes que estão doando na vizinhança, em uma ONG ou em órgãos públicos, como centros de zoonoses. 

Independentemente do local, informe-se sobre as condições do seu futuro amigo peludo, se já foi vacinado, castrado, ou se precisa de algo mais específico para seu bem-estar. 

Tenha um veterinário de confiança

Cães, gatos e quaisquer pets precisam de visitas regulares ao veterinário, por isso, é importante que você conheça algum profissional ou clínica de confiança, que acompanhará seu animalzinho durante toda a jornada.

E nem pense em só levar o cachorro para o veterinário quando ele mostrar algum problema de saúde: visitas periódicas são necessárias, para prevenir doenças e dar diagnósticos precoces, tudo isso para manter a saúde do seu pet em dia. 

Exercício, socialização e adestramento

Há quem pense que cachorros não têm problemas de saúde como os humanos. Cães também podem desenvolver obesidade com excesso de comida ou petiscos. Ao chegar nesse nível, o cachorro tem problemas articulares e respiratórios, entre outros. 

Por isso, brincar é mais do que uma forma de se conectar com seu pet, mas fazê-lo gastar calorias e reduzir a ansiedade (que faz com que cães destruam objetos dentro de casa).

Além disso, treinos básicos, como os comandos para sentar e esperar, ajudam a estreitar os laços entre cão e tutor, já que vocês aprendem juntos a interpretar sinais. 

Viu como ter um cachorro requer vários cuidados? Claro que tudo compensa quando os vemos assim que chegamos em casa, mas, além de motivo de felicidade, cães também são responsabilidade. É preciso cuidar do seu amigo de quatro patas, para que ele possa viver bastante ao seu lado. 

Já está pronto (a) para adotar? Compartilhe com um amigo que também quer adotar um cachorro mas não sabe por onde começar.