terça-feira, fevereiro 27, 2024
AcessóriosNegócios

Qual é a diferença entre revenda e concessionária? Onde comprar o seu carro?

Quando deseja comprar um veículo, o cliente se depara com duas opções, revenda e concessionária; veja as principais diferenças entre ambas e como se decidir onde comprar.

No mercado de compra e venda de veículos, com certeza, já deve ter ouvido falar em revenda e concessionária. Mas, sabe qual é a diferença entre as duas? Sobretudo, tem ideia de como escolher onde comprar seu próximo carro?

Inicialmente, ambas atuam na venda, compra e até financiamento de veículos, tanto pequenos quanto de grande porte. Ademais, não há uma regra que estabeleça padrões de funcionamento, embora compartilhem estratégias de atração de possíveis compradores. 

Contudo, na hora de comprar seu veículo, é fundamental entender os conceitos e, mais ainda, a diferença entre revenda e concessionária. Assim, faz a escolha mais adequada à sua necessidade, sem o risco de cair em promessas indevidas. E, independente disso, pode escolher como cuidar da manutenção do seu veículo após a compra. 

Qual a diferença entre revenda e concessionária?

A princípio, a principal diferença entre revenda e concessionária está no próprio objeto e formato de venda. Em outras palavras, a revenda é uma empresa independente que compra e vende veículos usados, de diferentes marcas. 

Já a concessionária é autorizada pelo fabricante a vender seus veículos novos e, em casos específicos, carros, motos ou caminhões de outras montadoras. Além disso, pode oferecer serviços de manutenção. Mas, é preciso entender que não se trata de uma fábrica ou montadora, mas um ponto de venda. 

As concessionárias são reguladas por padrões de qualidade e treinamento estabelecidos pelo fabricante, garantindo confiabilidade e suporte técnico especializado. Deste modo, seus colaboradores passam por treinamentos constantes e qualificações profissionais.

Outra característica inerente aos concessionários é o estabelecimento de metas por parte da montadora. Normalmente, estas metas são mensais, trimestrais e anuais. Uma das vantagens da concessionária, quando a pessoa pretende adquirir um veículo daquela marca específica, é a oferta das linhas completas da respectiva montadora.

Isso permite, por exemplo, que a pessoa usuária adquira um veículo personalizado, com as cores e adicionais desejados. 

Por outro lado, as revendas têm a liberdade de comercializar veículos de diferentes marcas, modelos e montadoras. Assim, oferecem preços mais acessíveis e maior variedade de modelos, embora geralmente não tenham o mesmo suporte técnico das concessionárias. 

Outra consequência disso é a definição dos preços de venda, bem como formas de pagamento e incidência de juros no financiamento. Afinal, não precisam seguir padrões ou regras que partem das montadoras.  

Finalmente, como não é vinculada a um fabricante específico, outra diferença entre revenda e concessionária é que a primeira pode definir suas próprias metas de compra e venda. Como resultado, permite maiores facilidades em termos de negociação. 

Revenda comercializa carros novos?

Geralmente, apenas as concessionárias comercializam veículos zero quilômetro. Logo, esta seria mais uma diferença entre revenda e concessionária. Sendo assim, a revenda coloca, à disposição, apenas veículos usados, ainda que isso inclua seminovos. 

Para quem tem pressa em já sair com o carro novo, talvez esta seja uma vantagem das revendas, pois possuem maior variedade de veículos em seus pátios. Sendo assim, o comprador encontra o carro, moto ou caminhão pronto, com acessórios implantados em modelos diferenciados. 

Contudo, a concessionária viabiliza a aquisição de um veículo que seja a cara do novo dono. Ou seja, levando os acessórios específicos e personalizados. Deste modo, apesar de não obter um carro a pronta entrega, garante que o mesmo atenda suas reais necessidades. 

Facilidades de pagamento 

Como mencionado anteriormente, há uma diferença considerável entre revenda e concessionária no que diz respeito às formas de pagamento. Como segue o estabelecido pela montadora, a concessionária tem linha de crédito e financiamento próprios. Na prática, os juros, parcelamentos e outros fatores são um pouco mais engessados. 

Por outro lado, as revendas não seguem regras pré-estabelecidas, logo, podem fazer parcerias com diferentes bancos e financiadoras. Deste modo, a pessoa compradora pode escolher a linha que lhe seja mais vantajosa. 

Pós-venda 

Aqui, a diferença entre revenda e concessionária depende, sobretudo, da própria estrutura do estabelecimento. Inicialmente, as concessionárias oferecem as revisões e serviços de manutenção periódica, tanto na loja quanto em locais credenciados. Isso já é um pouco mais difícil de ser encontrado em revendas. 

Onde comprar meu carro novo?

Agora que você já sabe qual a diferença entre revenda e concessionária, deve estar se perguntando onde adquirir seu próximo carro. Neste momento, a escolha deve se basear na análise de suas necessidades e prioridades. Ambas possuem vantagens e desvantagens, mas cabe ao comprador avaliar o que satisfaz seu atual momento de compra.