Carregando...
casaConstrução CivilDicas

10 ferramentas indispensáveis para trabalhar com madeira

Ferramentas básicas

Trabalhar com madeira é, sem dúvidas, um trabalho que exige muito esforço, conhecimento e dedicação. Tudo isso, no final, rende os mais diversos tipos de móveis e peças incríveis.

E, para ajudar os marceneiros a alcançarem resultados ainda melhores com mais facilidade, existem as ferramentas para trabalho com madeira. Acompanhe os próximos tópicos e conheça seus benefícios!

Por que usar ferramentas apropriadas para trabalho com madeira?

Assim como outros trabalhos manuais, a marcenaria exige precisão e pode apresentar projetos demorados e difíceis para os que não possuem a ajuda das ferramentas.

Por isso, existem certas ferramentas que podem ser consideradas o “kit básico” para que o seu projeto seja realizado com muito mais facilidade e menos chance de erros ou defeitos, tendo em mente que a madeira pode ser um material que não reage muito bem a ferramentas improvisadas.

Além disso, vale lembrar que, contando com as ferramentas certas, é necessário muito menos esforço físico!

Quais são as melhores ferramentas para trabalho com madeira?

Ter as ferramentas certas é indispensável. Mas, com certeza, você já notou que existem muitas delas por aí.

Entretanto, não se preocupe: antes de comprar uma infinidade delas, aposte nas ferramentas mais básicas e versáteis para começar.

Confira, abaixo, a nossa lista com 10 ferramentas para trabalho com madeira que não podem faltar na sua oficina!

Martelo

A ferramenta mais básica da marcenaria e que, provavelmente, você já tem em casa: o martelo é a primeira ferramenta da lista e, com certeza, será útil – e necessário – em muitos projetos.

Formões

Ótimas ferramentas para se entalhar e tornear, os formões podem ser encontrados em diferentes tamanhos e formatos.

No início, não é necessário apostar em formatos muito caros e elaborados. Entretanto, se possível, opte pelo cabo de madeira: estes modelos oferecem mais aderência, assim como maior resistência ao impacto do martelo.

Nível

Essencial para que nenhum projeto acabe ficando torto ou desnivelado, o nível mede inclinações e é indispensável para qualquer marceneiro e pode ser utilizado de diferentes formas.

Uma alternativa que vem ganhando força é a utilização dos níveis digitais, que podem ser instalados no celular. Entretanto, muitos ainda preferem o nível tradicional.

Esquadro

Sim, as antigas “réguas triangulares” têm uma função. No entanto, a versão utilizada para trabalhar com madeira é um pouco mais elaborada – e, claro, oferece maior resistência.

Os esquadros servem para te ajudar a manter suas linhas e ângulos retos, auxiliando nos momentos da marcação e do corte da madeira, que podem ser tarefas difíceis se feitas à mão livre.

Trena

Uma das mais indispensáveis ferramentas para trabalho com madeira, a trena é útil aos marceneiros nos mais diversos momentos: desde a medição até a avaliação de corte e posicionamento.

A ferramenta, que funciona como uma fita métrica metálica e flexível, pode apresentar melhores resultados caso ofereça um mecanismo de travamento.

Serra de bancada

Ao entrar no setor das ferramentas elétricas para trabalho com madeira, se prepare: os preços podem começar a ficar mais salgados.

No entanto, estas ferramentas se farão necessárias mais cedo ou mais tarde. Por isso, o melhor a fazer é investir em qualidade.

Uma das primeiras ferramentas elétricas que podem ser compradas para a sua oficina é a serra de bancada, que confere a seus cortes muito mais precisão.

Por questões de segurança e redução do recuo, busque um motor de partida suave e velocidade constante.

Serra circular

Mais uma entre as ferramentas elétricas, a serra circular é perfeita para os momentos onde são necessários cortes com mais mobilidade.

Prefira serras com mais dentes para acabamentos delicados e finos e, para cortes mais grosseiros e ásperos, opte por menos dentes.

Se possível, busque uma serra com altura e ângulo ajustável. Além disso, priorize lâminas com ponta de metal duro, pois são mais duráveis. Lembre-se que o desempenho da sua serra dependerá da lâmina escolhida.

Serra tico-tico

A terceira serra da nossa lista é a serra tico-tico, que cumpre perfeitamente a missão de fazer cortes retos – ou curvos – e muito precisos na madeira.

A serra tico-tico possui fácil encaixe da lâmina e não necessita de equipamentos auxiliares para realizar cortes em qualquer formato de forma rápida e certeira.

Lixadeira

Essencial para alcançar um bom acabamento em uma peça ou móvel, a lixadeira é uma das mais indispensáveis ferramentas para a sua oficina.

Uma boa lixadeira te ajudará a suavizar a madeira, assim como restaurá-la ou acabar com as lascas.

Opte por uma lixadeira com velocidade variável e boa aderência para alcançar melhores resultados.

Furadeira

Um investimento que, além de necessário ao trabalhar com carpintaria, também pode ser útil para a sua casa em diversos momentos.

Embora o martelo seja uma ferramenta básica e barata, ele não é a melhor opção: furar a madeira com ele pode causar rachaduras e outros danos ao seu material.

Assim, a furadeira, a última entre as ferramentas para trabalho com madeira que selecionamos para esta lista, te poupa de muito trabalho e, além disso, também evita que sua madeira seja danificada.