terça-feira, fevereiro 27, 2024
DicasNegóciosTecnologia

Como saber se um carro teve passagem por leilão?

Hoje, você aprenderá a como identificar um carro de leilão. É muito importante conhecer o histórico de um veículo antes de finalizar a compra dele, principalmente dos usados. Nesse sentido, traremos para você três maneiras de identificar um carro com restrições, principalmente o que passou por leilão. Isso afeta na hora da compra e da venda, então, fique de olho.

É provável que o veículo perca o seu valor se for identificado algumas coisas adulteradas. Por exemplo, se tiver passado por um leilão, ou se o velocímetro tiver sido adulterado, é provável que a venda desse carro seja difícil. Para descobrir mais sobre esse assunto, estaremos te guiando em alguns métodos muito simples.

Identificando um carro de leilão

Toda vez que compramos um veículo, uma das coisas mais importantes antes de fechar o negócio é conhecer esse carro. Hoje em dia, temos muitos mecanismos para identificação de restrições em veículos usados. 

Primeiramente, começaremos com um serviço gratuito, o aplicativo do Detran. Para ter acesso a ele, basta acessar a loja de aplicativos do seu celular, seja App Store ou Play Store, e fazer o download. Em seguida, toque em “Abrir” e você já vai estar no aplicativo!

Depois, procure na seção de serviços pela opção “Outros veículos”. É lá que você faz a análise de veículos de terceiros, ou seja, das pessoas que estão vendendo o carro. 

Sendo assim, quando tiver tocado nessa opção, insira o número da placa e também do Renavam. Com isso, você terá acesso a todas as informações referentes ao carro. 

Essa é uma ótima opção para todos os que estão querendo economizar uma grana, mas ainda assim, garantir sua segurança. Lá, você terá acesso às restrições do carro, tal como saber se ele é batido, furtado, adulterado, etc. Além disso, terá acesso às dívidas pendentes, como IPVA, multas e outros. 

Contudo, nós temos mais duas opções que julgamos ter uma análise um pouco mais completa que a do Detran: o histórico veicular e laudo cautelar. Com eles, você tem um processo de investigação um pouco mais denso que pode te apresentar resultados melhores.

Conhecendo o histórico veicular e o laudo cautelar

Na hora da identificação de um carro de leilão, é preciso estar atento a todos os detalhes, sem exceção. Isso porque em algumas análises, como a do Detran, não temos completo acesso aos mínimos detalhes do veículo. Mas, com o histórico veicular, podemos ter acesso a detalhes muito mais densos.

Ele funciona como um relatório do seu carro, possuindo detalhes como placa, chassi e Renavam. Além disso, você tem acesso a dados do veículo como versão do carro, preço médio da tabela, e logo após, as restrições, para saber se o carro tem algum histórico de sinistro, se foi recuperado por alguma seguradora, se foi furtado, etc.

Para acessar o histórico veicular, basta procurar online por alguma empresa que faça a busca desses históricos. Recomendamos a CheckAuto, da DEKRA Company, e a HistoriCar, pertencendo ao grupo Delta.

Contudo, nós ainda temos a terceira: o laudo cautelar. Essa é a melhor opção para uma análise completa. Com o laudo cautelar, é necessário que você agende uma consulta em um dos postos verificados, como se fosse fazer uma vistoria. Sim, esse método é presencial! E faz total diferença.

Alguns detalhes minimamente sórdidos que não constam em nenhum dos documentos podem ser vistos a olho nu por um profissional. Sendo assim, procure um posto oficial em sua cidade que possa te apresentar um laudo cautelar para ter acesso a esse serviço de primeira!

Conclusão

Você pode ter acesso ao histórico veicular e laudo cautelar em uma média de R$ 40 a R$ 50. É um preço muito bom, e de fato, vai te apresentar análises bem aprofundadas sobre o veículo que você quer comprar.

Agora que você descobriu como identificar um carro de leilão em três alternativas, não se esqueça de nos seguir para receber mais dos nossos conteúdos.