Carregando...
Moeda EstrangeiraNegócios

Como funciona o uso e a comercialização da moeda estrangeira?

Moeda estrangeira

A moeda estrangeira é um item indispensável na lista do que levar em uma viagem internacional. Tão importante quanto planejar um roteiro, roupas adequadas ao clima do país de destino, é levar uma boa reserva de dinheiro em moeda estrangeira. Veja aqui como adquirir a moeda, como fazer as transações e outras dicas importantes sobre a moeda estrangeira.

Quem utiliza a moeda estrangeira?

A moeda estrangeira é muito utilizada por viajantes, pois não é possível consumir nada no exterior se o turista não tiver em mãos a moeda estrangeira, seja em dinheiro em espécie ou em formas de cartões pré-pagos. Intercambistas costumam utilizar a moeda estrangeira também.

Fazer um intercâmbio é uma experiência com foco em adquirir conhecimentos e se desenvolver academicamente, profissionalmente e culturalmente também. Intercambistas que pretendem passar um longo período no exterior precisam ter um bom fundo em moeda estrangeira, para se manter no país e arcar com possíveis imprevistos.

Outro público que costuma utilizar moeda estrangeira são os Investidores. Como há muita variação no valor das moedas ao redor do mundo, esses investidores compram a moeda quando ela está em baixa, com um valor menor, e vendem quando estão em alta. Esta é uma prática que requer estudo, mas esses investidores dedicam muito tempo às ciências econômicas.

Como e onde comprar moeda estrangeira

Hoje em dia há formas mais simples de comprar a moeda estrangeira. É necessário que antes você calcule quanto você irá precisar em moeda estrangeira e converta em reais, para estar preparado na hora de fazer a troca. Vamos listar aqui os três locais onde é possível fazer as transações.

Bancos

A maioria dos bancos é capaz de fazer a troca das principais moedas do mundo. Basta ir até uma agência com informações sobre qual a moeda utilizada no país para onde você vai viajar e fazer a troca. Para as transações acima de dez mil reais, os bancos solicitam uma transferência bancária.

Plataformas online

Em alguns sites e aplicativos também é possível fazer esta transação. Procure por sites credenciados pelo Banco Central para evitar problemas como vazamento de seus dados bancários ou obtenção de notas falsas. Isso pode gerar problemas judiciais sérios junto ao país de destino, e pode comprometer de forma bastante ruim sua viagem ao exterior.

Casas de câmbio

Um local seguro e confiável para comprar moeda estrangeira são as casas de câmbio. A grande maioria dos aeroportos possuem casas de câmbio, mas há uma pequena desvantagem: elas possuem taxas mais altas, o que exigirá que você tenha um fundo maior para fazer a troca da moeda. 

Por que planejar a troca da moeda com antecedência?

É importante pesquisar muito antes de fazer a troca da moeda. Alguns fatores como inflação, lei da oferta e procura podem fazer com que o valor da moeda de seu país de destino sofra variações para as quais você não estará preparado financeiramente.

Alguns sites listam as taxas das casas de câmbio, onde é possível você verificar onde e quando é o melhor momento para fazer a conversão. Fazendo isso com antecedência, você pode comprar a moeda estrangeira aos poucos. Quando a taxa de câmbio estiver baixa, você compra um pouco, e nos dias que elas estiverem em alta, você espera que elas diminuam novamente. Isso só será possível se você iniciar a compra da moeda estrangeira um bom tempo antes de fazer a sua viagem.

Taxas e custos para a compra de moeda estrangeira (iof, taxa de câmbio, tarifa operacional…)

Vale lembrar que, ao comprar moeda estrangeira, você pagará algumas taxas adicionais, não estará pagando apenas a quantia que deseja levar para seu país de destino. Veja quais são as principais delas.

IOF

Este é um imposto que estará presente sem dúvida em sua transação na hora de comprar a moeda estrangeira. A sigla significa Imposto sobre Operações Financeiras, e ele está presente em todas as transações financeiras que realizamos, sejam elas de fim internacional ou não. Nas compras feitas no exterior com um cartão de crédito – sejam elas presenciais ou online – a taxa de IOF é de 6,3% sobre o valor da compra, em real. Agora, quando a compra é feita em dinheiro vivo, o IOF é de 1,1%.

%d blogueiros gostam disto: